BEM-VINDOS

Obrigado pela sua chegada; não se esqueça que é de AMOR AGAPIANO* que essencialmento poeto, também erótico quando a propósito de algumas circunstâncias episódicas nas mais diversas proporções. Como estou avança(n)do no tempo, não se escandalize, porque o que é preciso erradicar do Mundo é o preconceito secular, topo onde está preponderantemente a regressão da Humanidade neste percurso da condição humana, nem sempre adequada ao futurecer* do Homem, albergado corporalmente neste Planeta, sem saber com precisão, na generalidade, onde está a sua/nossa Alma. [ Obs. os astericos* assinalam dois neologismos da nossa Língua ].

Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Sou Feliz - Daniel Cristal


Busquei-te e encontrei-te, sou feliz...
O que mais desejei, eu encontrei,
celebrei-te no poema que te fiz,
como fez Salomão enquanto rei.
 
Teu nome está escrito no meu céu,
soletro-o com todos os seus sons;
por ti não me importo de ser réu
numa causa de amor que envolva dons.
 
Este excelso amor não é terreno,
é mais religioso que profano,
e porque ele é tão puro quanto ameno,

renova o que é mago cada ano.
Busquei-te e encontrei-te, sou feliz,
e se um dia te perder, perco a raiz.

1 comentário:

Efigênia Coutinho disse...

A poesia de Daniel Cristal é um canto de beleza e natureza, visto através de um estado da alma. A essência , está nas emoções, que vêm do contato sensível com o Universo,e que se exprimem num Futurecer, nos sons das palavras.Sua poesia, esta na matéria, na energia, é a obra de arte, que a cultura liberta da natureza,para dar-lhe forma peculiar. Sua presença nesta sociedade , e a recitação de seus versos perfeitos, exprimem o que sua alma poeta tem de melhor.
Sua Antologia é Frutuosa , uma experiência verdadeiramente ... única!
Efigênia Coutinho