BEM-VINDOS

Obrigado pela sua chegada; não se esqueça que é de AMOR AGAPIANO* que essencialmento poeto, também erótico quando a propósito de algumas circunstâncias episódicas nas mais diversas proporções. Como estou avança(n)do no tempo, não se escandalize, porque o que é preciso erradicar do Mundo é o preconceito secular, topo onde está preponderantemente a regressão da Humanidade neste percurso da condição humana, nem sempre adequada ao futurecer* do Homem, albergado corporalmente neste Planeta, sem saber com precisão, na generalidade, onde está a sua/nossa Alma. [ Obs. os astericos* assinalam dois neologismos da nossa Língua ].

Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

O Beijo - Daniel Cristal


Não foi fácil beijar-te; muito menos
tirar-te o sutiã... Foi sim preciso
cuidar do meu olhar, do meu sorriso,
da minha fraca voz, dos meus acenos.

Difícil sim podíamos bem dizer:
foi toda uma alquimia explorada,
que de ti se soltou, nata do nada,
um encontro feliz ao acontecer.

O beijo só acontece no instante
em que irremediável nos convida
ao gesto da atracção de toda a vida...

Quer seja na boca, quer no seio,
só depende do ser que é tão galante
que sabe versejar no galanteio.

4 comentários:

Poemas de amor e dor disse...

Boa noite Mestre Daniel Cristal, bom ano de 2009

Quero agradecer a homenagem que fez à minha humilde poesia. O Mestre Daniel Cristal sabe, mais que ninguém, a admiração, estima e amizade que nutro por si.

Falar de Daniel Cristal é subir, subir, em busca da luz – e esvoaçar na sua poesia. A sua extensa e notável obra faz de si um dos maiores escritores da língua portuguesa.

Fez bem em dar a conhecer a sua obra. A um poema por dia, este blog vai durar muitos anos - tantos e belos são os seus poemas.

Coloquei um link para o seu blog no meu humilde espaço onde o amigo está, e estará, sempre presente. Só não coloco mais poesia sua pois nunca o faria sem a sua expressa autorização. Quanto à minha, mais humilde e mais dorida, tem e sempre teve autorização para dispor dela como entender. O merecimento é todo meu. Publicar poesia do amigo Armando Figueiredo é uma honra e dá brilho ao meu blog a que chamo de livro de poesia. Também o Site com que me homenagearam na Pampilhosa da Serra tem 2 poetas convidados, lá está o grande poeta Daniel Cristal

Para quem não sabe, Daniel Cristal (e mais uns poucos poetas e amigos, que se contam pelos dedos das mãos) é um dos principais responsáveis da existência da minha poesia. Na verdade, durante mais de 40 anos escrevi e rasguei poesia. A minha pública homenagem e o meu público agradecimento ao amigo.

Amigo Armando, continuo estranhando que os editores portugueses se esqueçam ou não conheçam a sua vastíssima obra literária. Existe por aí muita gente com supostos versos publicados, razão pela qual continuo a não entender os critérios literários desses editores. Nada é estranho! Os maiores escritores, ou a sua maioria, nunca tiveram, em vida, as suas obras editadas.

Finalmente quero dizer-lhe que surjo neste primeiro dia de 2009 com esperança redobrada. O ano que passou foi para esquecer. Tudo nos aconteceu…
Vamos acreditar que 2009 será o começo de um novo modelo de vida.
Vamos acreditar que a riqueza será finalmente distribuída e que acabem de vez com os pobres.
Vamos acreditar que irão finalmente descobrir a cura para doenças que nos derrubam. Creia amigo que acredito na cura da minha Parkinson.
Creia amigo que acredito na cura dos que sofrem com Alzheimer.
Finalmente tenho de acreditar que o conceito de família terá obrigatoriamente ser sustentado e renovado. A desarticulação da família é para mim uma das mais nefastas causas do desamor, do egoísmo e da rotura com os valores.

Desejo ao amigo e à sua família tudo aquilo que desejamos e queremos para nós
Saudades,

Rogério Martins Simões

Anónimo disse...

Boa noite Mestre Armando, aqui vai terminando o dia, onde comemoramos seu aniversário por todo este Universo de versos. Meus Parabéns neste dia que é só seu por direito e alegria dos que ao seu lado puderam comemorar . Efigênia Coutinho
New York 01-010-2009

Sueli do Espírito Santo disse...

Olá Daniel, este soneto do beijo está maravilhoso, aliás como tudo o que escreves.
Parabéns
com carinho
Sueli

Anónimo disse...

Caro poeta Daniel Cristal, passei para deixar-lhe um carinhoso abraço junto aos votos de um 2009 repleto de paz, solidariedade, amor e muita poesia! Que mais e mais sonetos, de beleza ímpar, como esse "O Beijo" nos brindem nesse novo ano e vindouros! Abraço carinhoso e fraterno. Grace Spiller