BEM-VINDOS

Obrigado pela sua chegada; não se esqueça que é de AMOR AGAPIANO* que essencialmento poeto, também erótico quando a propósito de algumas circunstâncias episódicas nas mais diversas proporções. Como estou avança(n)do no tempo, não se escandalize, porque o que é preciso erradicar do Mundo é o preconceito secular, topo onde está preponderantemente a regressão da Humanidade neste percurso da condição humana, nem sempre adequada ao futurecer* do Homem, albergado corporalmente neste Planeta, sem saber com precisão, na generalidade, onde está a sua/nossa Alma. [ Obs. os astericos* assinalam dois neologismos da nossa Língua ].

Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Morrer de Amor - Daniel Cristal


Foste comigo até onde fui lesto
quando te disse estou abandonado...
E mandaste ao diabo todo o resto
quando disse estar enamorado.

Foste comigo numa viagem grácil,
numa viagem cheia de emoção;
vivemos um amor tão belo e fácil
que nos encheu pra sempre o coração!

E, se tiveres saudades na memória,
fica sabendo então, que eu também
não me esqueço da glória da estória,
e dela me recordo aquém e além.

Pois, daria todo o ser pra te rever
sem me importar, então, de amor morrer.

1 comentário:

Usuale disse...

"Eu queria ser uma lágrima para nascer nos seus olhos, deslizar na sua face e morrer nos seus lábios."
Autor: (Victor Milech)

Fonte:
http://www.frasesnaweb.com.br/amor/3/