BEM-VINDOS

Obrigado pela sua chegada; não se esqueça que é de AMOR AGAPIANO* que essencialmento poeto, também erótico quando a propósito de algumas circunstâncias episódicas nas mais diversas proporções. Como estou avança(n)do no tempo, não se escandalize, porque o que é preciso erradicar do Mundo é o preconceito secular, topo onde está preponderantemente a regressão da Humanidade neste percurso da condição humana, nem sempre adequada ao futurecer* do Homem, albergado corporalmente neste Planeta, sem saber com precisão, na generalidade, onde está a sua/nossa Alma. [ Obs. os astericos* assinalam dois neologismos da nossa Língua ].

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Feliz Encontro - Daniel Cristal


O voo da pomba imita o teu gesto lindo
E o teu olhar só o vejo na ternura !
O Sol nasce no teu sorriso infindo
e caldeia a atracção que nos sutura.

Renasceram, pois, os componentes
Para que o amor fosse possível,
metamorfoseando em um, dois entes
que se amarão para sempre ao mesmo nível...

Do amor ao desejo e ao querer
é um passo voluntário e sem reservas.
É a confusão de se ter num outro ser,
Uma monda que reduz daninhas ervas.

E agora, quando te amo, és tremenda !
No fim ficas divina... a eterna lenda!

1 comentário:

Efigênia Coutinho disse...

Um pouco de Poesia ao:
Feliz Encontro - Daniel Cristal

Passeio Mavioso
Efigênia Coutinho

Amanheceu sem mistura; límpido; genuíno.
Vamos olhar o céu, ás flores, sentir o aroma
da aurora ainda dolente, sentir toda essa candura,
desabrochando a plenitude da vida em vida....
Enquanto uma brisa meneia delicadamente
cumprindo solene seu misterioso dever da natureza!

Senta-se aqui, a conversa virá sem mesmo
falarmos. Tantas coisas diremos, contudo
muito pouco contará como de um gesto supremo
de sonhos, de sonhos contidos aos meus olhos,
nos teus olhos olhando o verde esmeraldino que
a bela manhã esparramou dentro do meu coração!

Neste sonho secreto de sentir profundo, coloco
uma coroa de mel e cerração, como um Talismã!

Balneário Camboriú
Junho 2009