BEM-VINDOS

Obrigado pela sua chegada; não se esqueça que é de AMOR AGAPIANO* que essencialmento poeto, também erótico quando a propósito de algumas circunstâncias episódicas nas mais diversas proporções. Como estou avança(n)do no tempo, não se escandalize, porque o que é preciso erradicar do Mundo é o preconceito secular, topo onde está preponderantemente a regressão da Humanidade neste percurso da condição humana, nem sempre adequada ao futurecer* do Homem, albergado corporalmente neste Planeta, sem saber com precisão, na generalidade, onde está a sua/nossa Alma. [ Obs. os astericos* assinalam dois neologismos da nossa Língua ].

Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 11 de junho de 2009

5ª variação


É dito semiesco, actual:
Não há pão suficiente em muita mesa!
Mau efeito do sentido da presa
E por isso é qu' o mundo corre mal!

É mistério, é, mas se assim é,
Arranjemos algum pó milagroso
Que nos dignifique, que seja engenhoso,
Ou seja qualquer milagre pela fé!
 
Haver fome é este o grande enigma
Transformado num louco paradigma!

2 comentários:

Efigênia Coutinho disse...

Haver fome é este o grande enigma
Transformado num louco paradigma!
O Paradigma Da Fome - Daniel Cristal

Poeta Daniel Cristal,
neste mundo onde já estamos grandinhos, e bem vividos, como tantos outras pessoas a nossa volta, tenho para mim que a pior fome, ainda seja a da "alma", em não saber alimenta-la com Fé, Esperança e Amor.

A fome física, fica pequena, quando alimentamos a "fome da alma".

Ai nos tornamos um "paradigma "
que serve de exemplo geral ou de modelo, para um mundo Futurecido,
dignificando a nossa passagem terrena!
Efigênia Coutinho

Daniel Cristal disse...

Quando o corpo tem fome, a alma sofre;
Sofre pela carência de algum pão
Para a sobrevivência. Dizes não
A quem te pede pão por Santo Onofre?

E a propósito, é hoje que celebro
Este monge que foi também mulher
Confessor eremita por seu mister
Mas o enigma da fome é que não quebro.

Haver fome é este o grande enigma
Transformado em louco paradigma!