BEM-VINDOS

Obrigado pela sua chegada; não se esqueça que é de AMOR AGAPIANO* que essencialmento poeto, também erótico quando a propósito de algumas circunstâncias episódicas nas mais diversas proporções. Como estou avança(n)do no tempo, não se escandalize, porque o que é preciso erradicar do Mundo é o preconceito secular, topo onde está preponderantemente a regressão da Humanidade neste percurso da condição humana, nem sempre adequada ao futurecer* do Homem, albergado corporalmente neste Planeta, sem saber com precisão, na generalidade, onde está a sua/nossa Alma. [ Obs. os astericos* assinalam dois neologismos da nossa Língua ].

Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 25 de março de 2009

Escravos do Amor - Daniel Cristal


O amor só escraviza se não for
a pulsação da terra ou a energia
que o seu centro transmite em cada dia
e transforma em Amor o que foi dor.
 
Eu sei que a linguagem é escassa
que nem todos terão igual conceito
que a alma se faz dentro do peito
e que a instrução nunca nos basta.
 
Mas podemos tentar a outra via;
 reler contradição nesta postura
pois só vale a energia quando é pura:
 
Escravos submetidos na alegria
sendo esta a melhor escravidão;
O Amor é uma infinita vastidão.

3 comentários:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

"Se tudo for feito com Amor e ingenuidade;
Se todos se amarem mutuamente;
Se a felicidade for uma Eternidade;
Se a tristeza for mera passagem;
Se a amizade for sincera e de Verdade;
Se a vida for um Dar acima de receber;
Então descobriremos que foi em cada uma desses
momentos que nosso coração bateu mais forte,
e que agimos pura e simplesmente como seres Humanos!"

(Vera Costa)

Desejo uma linda semana com muito amor.
Abraços.

Carlos Bayma disse...

Este blog é uma pedra preciosa. Límpido e denso em conteúdo, é um refúgio de engrandecimento d'alma.
Parabéns!

Sonia Schmorantz disse...

Talvez não seja o amor que escraviza, mas somos nós que gostamos de uma doce prisão, que só nos traz felicidade e paz.
Perfeito seu poema, gostei demais.
Um abraço